A EMPRESA GESSO INTEGRAL REALIZOU O II ENCONTRO DA FORÇA DE SUAS VENDAS.


Postado em 10 de março de 2018


0 Flares Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

DSC_3509

A reunião uniu empresa, vendedores e transportadores, para discutirem os interesses, em comum, que é difundir ainda mais o gesso, seja na construção civil ou na produção agrícola, no Maranhão, Pará, Tocantins, Goiás e Mato Grosso e com esse foco atingir todo o país.

A primeira parte do encontro aconteceu no escritório da empresa, onde o empresário Marcos Lucena, apresentou aos participantes do encontro a história da fábrica de forma resumida e ainda os membros da diretoria.

Já fora da cidade, a parada seguinte foi no local onde funciona a oficina e o laboratório de pesquisas da empresa. Porém o mais importante estava por vir. Distante 16 km da cidade está localizada a jazida de gipsita. Com o processo de calcinação dessas rochas, gipsita perde sua água de cristalização, podendo, então, ser transformada em gesso, será usado na construção civil e na produção agrícola. No grande espaço entre tantos outros equipamentos duas máquinas dividem o ambiente. Uma recicladora, que eliminou o sistema convencional de retirada da matéria prima, ou seja os explosivos, e uma central de peneiramento, com toda essa tecnologia a empresa aumentou sua produtividade. As máquinas reciclam e classificam o produto, e deixam a gipsita já pronta para a comercialização dentro da própria mina, com isso diminui os gastos com a extração, o transporte, a britagem e moagem e tem dado ao produto final um índice de qualidade de alto grau.

 “O gesso em Grajaú está na frente em tecnologia, qualidade, produtividade e em custo baixo. Os equipamentos e os investimentos que a empresa tem feito nos últimos cinco anos tem garantido isso para a gente. O desenvolvimento tecnológico na exploração da gipsita em Grajaú está à frente de qualquer outra região do país”, ressaltou o empresário Josias Lucena.Josias Lucena - empresário

Aos visitantes também foi feita uma demonstração de como os primórdios na exploração da gipsita conseguiam explorar a área.

Já de volta a cidade uma parada para almoço e depois mais informações. O engenheiro agrônomo e mestre em produção vegetal, Diego Sichoscki, ressaltou em sua palestra a importância do uso do gesso na fertilização do solo. E na opinião dele o produto da gesso integral, é de ótima qualidade.

“Eu conheço o produto de perto. Tanto indico como uso na minha lavoura. Agora, me impressionei com toda essa estrutura envolvida, a tecnologia de remoção da gipsita, é bem diferente, uma metodologia muita avantajada”, afirmou Diego Sichoscki.

Image5

A outra palestra foi direcionada aos gerente de vendas e vendedores, o também engenheiro agrônomo Marcos Antônio, que é especialista em marketing e em gestão comercial. Marcos detalhou os perfis de clientes e a importância de os reconhecer para que tenham sucesso nas vendas. Marcos Antonio ressaltou o crescimento da empresa nos últimos anos.

“A empresa cresceu muito nos últimos anos e nós sabemos que esse crescimento é resultado de  um produto de alta qualidade, produzido com critério e principalmente muito cuidado, e isso dá segurança para nós que trabalhamos com vendas, sabemos que o cliente terá resultado e vai conseguir ter uma produção bem melhor na sua lavoura”, frisou Marcos Antonio.

Image2

Para o empresário Marcos Lucena a realização do encontro foi positiva, porque deu aos visitantes a oportunidade de ver como todo o processo é feito. Principalmente em relação ao uso da tecnologia.

“Nosso objetivo foi alcançado. Divulgamos um recurso que temos aqui em nossa cidade, para com isso o país conhecer o nosso potencial, não só da gesso Integral, mas também do município. Nossos palestrantes tiraram duvidas e agora é só nos preparamos para o terceiro encontro que com certeza teremos mais novidades para apresentarmos para o mundo”, disse Marcos Lucena.

Image6

Para quem participou do evento, o resultado foi importantíssimo. Para Paulo Nascimento, que é gerente de vendas da regional do estado do Pará, participar do evento contribuiu e muito com seus conhecimentos, tanto com as palestras como com as visitas.

“Nós que trabalhamos com vendas, pensamos as vezes que já sabemos, que já conhecemos, contudo a gente tem que ter a consciência que esse mercado muda, então esses encontros nos faz entendermos melhor essa mudança de mercado, e com isso nos traz bons resultados, tanto para nós que vendemos como para que empresa que fornece o produto”, observou Paulo Nascimento.

Image7

E fechando o II encontro de vendedores uma noite regada a música popular na voz de Luís Carlos Pinheiro.

20   25   24   23

22   21   20   19

18   17   16   15

14   13   12   11

10   9   8   7

6   5   4   3

2